Página Inicial da Eletronorte Eletronorte
» Página Inicial » Fale Conosco » Mapa do Site

Pesquise na Eletronorte:

busca avançada



Chamada Pública - Inscrição para Negócios de Geração e Transmissão Transparência Pública Transparência Pública Acesso à Informação da Eletronorte Lei de Conflito de Interesses Prestação de Contas

Eletrobras Eletronorte e Ufopa celebram parceria para implantação de Base Científica e Tecnológica

11 de Junho de 2013; Imprensa Eletrobras Eletronorte

 ImgELBELN_UFOPAConvênio objetiva garantir a implantação de uma Base da Universidade na área da Usina Hidrelétrica Curuá-Una

A Eletrobras Eletronorte e a Universidade Federal do Oeste do Pará - Ufopa celebraram convênio visando a implantação de uma Base Científica e Tecnológica da Universidade na Usina Hidrelétrica Curuá-Una, em Santarém, no Pará.  A cerimônia aconteceu no último dia 6 de junho, no auditório da Universidade,  quando o diretor-presidente da Eletrobras Eletronorte, Josias Matos de Araujo, e o reitor da Ufopa, José Seixas Lourenço, assinaram a parceria.

De acordo com o reitor José Seixas Lourenço, o acordo prevê a reforma e adequação de instalações físicas da Usina, que serão equipadas para a realização de pesquisas  acadêmicas nas áreas de aquicultura, ciências florestais, fauna silvestre e geologia. Os recursos alocados para o convênio estão estimados em R$ 8,2 milhões, sendo R$ 2 milhões em investimentos  a serem feitos pela Eletrobras Eletronorte, e cabendo à Ufopa os R$ 6,2 milhões restantes.

Para o diretor-presidente da Eletrobras Eletronorte, a aproximação das duas instituições nas instalações de Curuá-Una, equipadas adequadamente para receber grupos de pesquisas numa perspectiva de produção de conhecimento e inovação, vem se somar aos esforços da Empresa de transformar as hidrelétricas da Amazônia em laboratórios vivos para o desenvolvimento regional e a formação de profissionais especializados.

O pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação Tecnológica da Ufopa, Marcos Ximenes Ponte, acredita que a parceria com a Eletrobras Eletronorte propicia excelentes oportunidades para fortalecer ações programadas e projetos de pesquisa e inovação em áreas estratégicas.

Além de laboratórios interdisciplinares, alojamento para professores, salas de estudos e de reunião, a Base Científica e Tecnológica da Ufopa contará com dois centros de pesquisas -  um voltado para a área ambiental e outro para a realização de estudos sobre fontes alternativas de energia. Também será implantado um núcleo permanente de ciências e tecnologia das águas, com o objetivo de realizar pesquisas e monitoramentos sobre recursos pesqueiros e qualidade da água do reservatório da Usina Hidrelétrica Curuá-Una.

Na opinião de Antonio Augusto Bechara Pardauil, superintendente de Geração Hidráulica – OGH da Eletrobras Eletronorte,   a disponibilidade das estruturas da Hidrelétrica, inclusive de alojamentos, possibilitará à Universidade desenvolver atividades de cunho acadêmico-científico em níveis de graduação e pós-graduação e beneficiará não só a comunidade acadêmica de Santarém, mas também toda a força de trabalho de Curuá-Una. Ainda segundo ele, a parceria é o primeiro passo para transformar a Hidrelétrica em um  polo de desenvolvimento científico, a exemplo do que ocorre em Tucuruí por meio da parceria com a Universidade Federal do Pará - UFPA. “Nossa intenção é, no futuro, integrar toda a base de Curuá-Una ao Parque Tecnológico de Tucuruí”. 

O prefeito de Santarém, Alexandre Von, declara  que a Empresa tem se esforçado para ajudar o município a se desenvolver e que a parceria com a Universidade irá aumentar sua presença na região. “A Eletrobras Eletronorte tem investido em Santarém e esses esforços demonstram uma grande preocupação com o crescimento econômico do município. Esperamos que esse convênio ajude no desenvolvimento de Santarém como um todo e que mais projetos sejam realizados aqui”, enfatizou.

Pedra Fundamental

Na manhã do dia 7, as autoridades estiveram na Usina Curuá-Una para realizar o lançamento da Pedra Fundamental da Base Científica e Tecnológica da Ufopa. Na oportunidade, projetos a serem desenvolvidos por meio da parceria foram guardados em uma cápsula do tempo.

Ao todo, serão 10 anos em que ambas as instituições esperam desenvolver projetos em quatro grandes eixos temáticos: engenharias e geociências; biodiversidade e florestas; ciências da sociedade e ciências e tecnologias da água.

O projeto será coordenado pela Pró-reitoria de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação Tecnológica da Ufopa – Proppit. Com a construção do laboratório, o desenvolvimento de pesquisas na área de extensão da Usina - focando no subsídio de informações sobre os recursos da região – está garantido.

Visita

Ainda na sexta-feira, dia 7, o diretor-presidente da Eletrobras Eletronorte, Josias Matos de Araujo, esteve na Usina para conhecer os processos desenvolvidos em Curuá-Una. Em uma reunião com toda a força de trabalho, o Presidente conversou com as equipes sobre as mudanças no sistema de gestão da Empresa.

Na opinião do Presidente, a Usina é um exemplo, pois tem se readequado e melhorado significativamente seus processos internos e a estrutura física – citando a modernização das três unidades geradoras e a consolidação dos processos TPM. “Estou realmente impressionado com os excelentes trabalhos que estão sendo desempenhados aqui. Isso demonstra um altíssimo grau de comprometimento. Dizem que a primeira impressão é a que fica, então, estou impressionado porque Curuá-Una espelha as melhorias, ações positivas e inovações que têm elevado a Eletrobras Eletronorte a um patamar mundial”, elogiou.

Em breve você confere a reportagem também na TV Eletrobras Eletronorte.



mais notícias


® Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletrobras Eletronorte - SCN Quadra 06 Conj. A, Blocos B e C, Entrada Norte 1, Asa Norte - CEP 70.716-901 - Brasília/DF
Telefone (61) 3429-5151

Copyright© Eletrobras Eletronorte. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.