Página Inicial da Eletronorte Eletronorte
» Página Inicial » Fale Conosco » Mapa do Site

Pesquise na Eletronorte:

busca avançada



Chamada Pública - Inscrição para Negócios de Geração e Transmissão Transparência Pública Transparência Pública Acesso à Informação da Eletronorte Lei de Conflito de Interesses Prestação de Contas

Energia na Rio+20: Região do Tapajós terá 14 unidades de conservação, num total de 200 mil km2 de área protegida

19 de Junho de 2012; Eletrobras Eletronorte - Especial Energia na Rio +20

Na tarde desta terça-feira, 19, o diretor de Engenharia da Eletrobras, Valter Cardeal, falou sobre as sobre as usinas hidrelétricas brasileiras no painel Energias Renováveis para o Desenvolvimento Sustentável, realizado no ambiente denominado Catedral da Linguagem, do evento Humanidade 2012, paralelo à Rio + 20, que acontece no Forte de Copacabana (RJ).

Depois de apresentar o vídeo “O Brasil e Suas Usinas Hidrelétricas”, Cardeal afirmou que “o vídeo sintetiza o pensamento do governo brasileiro, da presidente Dilma Rousseff, Ministério de Minas e Energia e Eletrobras no que se refere ao aproveitamento da energia hidrelétrica no País”.

Segundo ele, da capacidade atual instalada no Brasil, de 121 mil MW, a Eletrobras é responsável por 42 mil MW. “Neste momento, somente em obras novas, o Sistema Eletrobras está incorporando mais 20 mil MW a essa soma. Se adicionarmos os empreendimentos eólicos que se iniciam – hoje já temos 13 fábricas de equipamentos para a geração de energia eólica, que também já produzimos com o preço mais barato do planeta -, e as usinas que estamos inventariando, essa soma chega a 50 mil MW novos”.

Tapajós

Cardeal adiantou ainda que em 2013 será leiloada a Usina Hidrelétrica São Luiz do Tapajós, que faz parte do aproveitamento daquela bacia. “As hidrelétricas brasileiras são fonte inesgotável de energia e por meio delas incrementaremos nosso política ambiental com a construção na região do Tapajós do maior centro de pesquisa da biodiversidade do mundo. O conhecimento adquirido na construção de nossas hidrelétricas já tem permitido que usinas como Itaipu e Tucuruí sejam verdadeiros laboratórios  de estudos e pesquisas do mais alto nível”.

O diretor da Eletrobras rebateu as críticas tecidas pela manhã pelo procurador da República, Felício Pontes, sobre uma possível destruição da biodiversidade na região do Tapajós pela construção do complexo hidrelétrico: “Não é verdade que haverá qualquer tipo de destruição. Ao contrário, vamos cumprir e realizar todos os estudos ambientais da forma mais eficiente, além de implementarmos o novo conceito de usinas-plataforma, sem a constituição de núcleos urbanos. São usinas cada vez mais sustentáveis e, somente naquela região, vamos implantar 14 unidades de conservação permanente perfazendo 200 mil km2 de área protegida”.

Finalmente, Valter Cardeal listou os benefícios principais de uma usina hidrelétrica: o lago como fonte de vida; a produção de energia elétrica; a facilitação do transporte fluvial; o desenvolvimento da piscicultura e aquicultura; a irrigação; o turismo e lazer; a recuperação de áreas degradadas e os projetos sustentáveis regionais.

EPE

Mais cedo, o presidente da Empresa de Pesquisa Energética – EPE, Maurício Tomalsquim, já havia defendido a energia hidrelétrica. “Cerca de 87% da energia elétrica gerada no Brasil provem de fontes renováveis, sendo a maior participação da hidreletricidade, com 81% da geração. Nos próximos anos essa fonte permanecerá como elemento-chave da estratégia da expansão da oferta de energia elétrica no País”.

Segundo Tomalsquim, a participação de centrais eólicas e de biomassa vem crescendo na matriz brasileira significativamente. “Nos últimos três anos foram viabilizados 6.800 MW de eólicas nos leilões para a expansão da oferta, significando ampliar, até 2015, em 7,5 vezes a capacidade instalada em 2010 dessa fonte”, afirmou.

 A Eletrobras Eletronorte preparou esta página especial onde você pode acompanhar as principais notícias e os projetos que estão fazendo a diferença no desenvolvimento sustentável. Conheça mais sobre o nosso trabalho em www.eletronorte.gov.br 

 



mais notícias


® Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletrobras Eletronorte - SCN Quadra 06 Conj. A, Blocos B e C, Entrada Norte 1, Asa Norte - CEP 70.716-901 - Brasília/DF
Telefone (61) 3429-5151

Copyright© Eletrobras Eletronorte. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.