Página Inicial da Eletronorte Eletronorte
» Página Inicial » Fale Conosco » Mapa do Site

Pesquise na Eletronorte:

busca avançada



Chamada Pública - Inscrição para Negócios de Geração e Transmissão Transparência Pública Transparência Pública Acesso à Informação da Eletronorte Lei de Conflito de Interesses Prestação de Contas

Usinas Samuel e Curuá-Una são reconhecidas pelo Japanese Institute for Plant Maintenance - JIPM

6 de Fevereiro de 2012; Imprensa Eletrobras Eletronorte

Depois de conquistar o Prêmio de Excelência em Comprometimento Consistente em TPM (Total Productive Maintenance) com a Usina Hidrelétrica Tucuruí, é a vez da Eletrobras Eletronorte conquistar mais dois reconhecimentos pelo Japanese Institute for Plant Maintenance – JIPM: as usinas hidrelétricas Curuá-Una e Samuel receberam nesta segunda-feira, 6, o resultado das auditorias que as certificam com o “TPM Excellence Award, A Category” e “TPM Special Award”, respectivamente.

Para o diretor-presidente Josias Matos de Araujo, o reconhecimento mostra os resultados de uma trajetória e de um esforço coletivo, que fazem parte da estratégia de consolidação da Eletrobras Eletronorte como uma Empresa Classe Mundial em 2014. “Essa é mais uma demonstração de que a Eletrobras Eletronorte está focada na excelência, alinhada com o novo cenário do mercado mundial de energia. Uma empresa pública, com todas as condições de ser uma referência de qualidade e eficiência, como já reconheceu o Prêmio Nacional da Qualidade, conquistado por meio da Superintendência de Geração Hidráulica em 2011”.

O diretor de Operação, Wady Charone Junior, lembra que o TPM é um processo metodológico no qual a Eletrobras Eletronorte já implementou inovações e melhorias aprovadas pelo JIPM, e que está trazendo resultados muito positivos para a Empresa. “Essa premiação faz com que tenhamos ainda mais orgulho da nossa força de trabalho que, cada vez mais, domina o processo e faz um novo acontecer na nossa Empresa, visando a redução de perdas e custos, e promovendo medidas que levem ao aumento da nossa receita”.

 “Ao expandir e integrar as Usinas Curuá-Una e Samuel ao já bem sucedido modelo de gestão aplicado à Usina Hidrelétrica Tucuruí, a Superintendência de Geração Hidráulica não apenas eficientizou processos, promoveu ações socioambientais e reduziu custos operacionais, como também inovou na gestão e construiu, de fato, uma relação de integração total entre equipes. Um único time foi formado. Uma equipe integrada, motivada, focada em resultados, um time vencedor”, disse o superintendente de Geração Hidráulica, Antônio Augusto Bechara Pardauil.

O caminho

As visitas às hidrelétricas aconteceram nos dias 7 e 9 de dezembro, em Curuá-Una e Samuel respectivamente, e contaram com a presença dos auditores Tokutaro Suzuki, Zensuke Matsuda e Katsumasa Saito.

Localizada em Santarém, Curuá-Una foi incorporada à Eletrobras Eletronorte em 2006 e, desde então, adota a metodologia TPM. A unidade buscava o Prêmio Excelência Categoria A, com o grande foco da auditoria na modernização da Unidade Geradora 01. Com três unidades geradoras e capacidade instalada de 30,3 MW, Curuá-Una possui um dos melhores Índices de Disponibilidade do Brasil, se comparada a usinas desse porte. E para manter esse nível, foi proposto como objetivo geral do TPM em Curuá-Una, o alcance de 97,09% do ID com otimização dos custos operacionais.

O grande desafio para 2012 está na modernização das unidades geradoras 02 e 03. “Com essa modernização, todos os colaboradores serão capacitados para operar e manter qualquer usina da OGH, por meio de uma só gestão. E esse vai ser o nosso grande diferencial na busca do Prêmio Classe Mundial”, explica Pardauil.

Em Samuel, a busca era pelo Prêmio Especial, inclusive destacada pelos auditores: “A Usina já tem uma base sólida para chegar ao Prêmio Especial. Pude ver o brilho nos olhos dos colaboradores”, destacou o professor Saito.

Segundo Pardauil, a integração das três Usinas será o grande desafio na busca pelo Prêmio World Class.

TPM
Em janeiro de 2012, a Eletrobras Eletronorte foi a primeira empresa de geração e transmissão de energia elétrica, no Brasil e no mundo, a receber o prêmio TPM em todas as suas unidades. O prêmio é concedido pelo JIPM às empresas que se destacam na aplicação da metodologia conseguindo cumprir os requisitos para cada nível de premiação e atingir excelentes resultados. A Usina Hidrelétrica de Tucuruí recebeu o Prêmio Especial de Execução de TPM, a Regional de Transmissão de Roraima e Usina Hidrelétrica de Curuá-Una ficaram com o Prêmio de Excelência - Categoria B, sendo que o Prêmio de Excelência em Consistência e Comprometimento de TPM foi concedido às Regionais de Transmissão do Mato Grosso, de Rondônia/Acre, do Pará, do Maranhão e do Tocantins, à Regional de Produção do Amapá e à Usina Hidrelétrica de Samuel.
 

A Manutenção Produtiva Total – TPM é um sistema de gestão que identifica e elimina as perdas existentes nos processos empresariais, maximiza a utilização dos ativos e garante a geração de produtos de alta qualidade a custos competitivos. Além disso, desenvolve e amplia conhecimentos e habilidades das pessoas com o objetivo de executar ações de prevenção e de melhoria contínua, para garantir o aumento da confiabilidade e capacidade dos processos empresariais, sem investimentos adicionais. Os especialistas a caracterizam como uma ferramenta eficaz na busca da “Perda Zero, da Falha Zero e do Acidente Zero”.
 



mais notícias


® Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletrobras Eletronorte - SCN Quadra 06 Conj. A, Blocos B e C, Entrada Norte 1, Asa Norte - CEP 70.716-901 - Brasília/DF
Telefone (61) 3429-5151

Copyright© Eletrobras Eletronorte. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.