Página Inicial da Eletronorte Eletronorte
» Página Inicial » Fale Conosco » Mapa do Site

Pesquise na Eletronorte:

busca avançada



Chamada Pública - Inscrição para Negócios de Geração e Transmissão Transparência Pública Transparência Pública Acesso à Informação da Eletronorte Lei de Conflito de Interesses Prestação de Contas

Eletrobras lucra R$ 1,5 bilhão no 3º trimestre de 2011

11 de Novembro de 2011; Assessoria de Comunicação Eletrobras

A Eletrobras lucrou R$ 1,5 bilhão no terceiro trimestre de 2011, equivalente a R$ 1,38 por ação. O valor é 379% superior ao ganho de R$ 327 milhões apurado no trimestre anterior. No ano (janeiro a setembro), o lucro acumulado chega a R$ 3,1 bilhões, 85% superior ao registrado em igual período de 2010. Em comparação ao terceiro trimestre de 2010, quando o lucro líquido registrado foi de R$ 145 milhões, o aumento é de 979%.

O lucro se deve a um conjunto de fatores, com destaque para o resultado financeiro, que apresentou variação positiva de 321,8%, passando de uma despesa líquida de R$ 689 milhões no trimestre passado, para uma receita líquida de R$ 1.528 milhões neste trimestre, fruto das variações cambial – incidente sobre os ativos e passivos da Eletrobras indexados a moedas estrangeiras (principalmente dólar americano), que apresentou neste terceiro trimestre uma variação de 461% – e monetária. De janeiro a setembro, essa receita foi de R$ 2.561 milhões, 82% superior ao resultado obtido em igual período de 2010, quando foi registrado um resultado de R$ 1.411 milhões.

A desvalorização do dólar norte-americano em relação ao Real e o fato de a Eletrobras deter relevante parcela de seus recebíveis (líquidos de obrigações) indexados à moeda estrangeira produziram um efeito positivo no resultado da companhia no terceiro trimestre de 2011: receita líquida de R$ 1.609 milhões, frente a uma perda líquida de R$ 412 milhões no trimestre anterior. Nos primeiros nove meses do ano, a receita líquida registrada é de R$ 974 milhões decorrente da variação cambial, enquanto que, de janeiro a setembro de 2010, foi apurada uma perda líquida de R$ 280 milhões.

Outro aspecto formador do resultado foram as operações com energia elétrica, que apresentaram, para a Receita Operacional Líquida, um aumento de 18,8% em relação ao segundo trimestre de 2011, passando de R$ 6.781 milhões no trimestre passado, para R$ 8.054 milhões neste trimestre, devido principalmente à venda de energia (geração) – aumento de 10,5%, de R$ 4.439 milhões para R$ 4.906 milhões – e à atualização das Taxas de Retorno do segmento de transmissão – aumento de 45,2%, de R$ 559 milhões para R$ 811 milhões.
 
O Ebitda das empresas controladas da Eletrobras somou, no terceiro trimestre de 2011, R$ 1.184 milhões, uma redução de 4,8% frente ao segundo trimestre, quando foi de R$ 1.244 milhões. O Ebitda é calculado somando-se ao resultado líquido do período os tributos sobre o lucro, o resultado financeiro e as depreciações e amortizações. De janeiro a setembro, o Ebitda das empresas controladas somou R$ 4.286 milhões, uma redução de 12% frente a igual período do ano passado.

O reconhecimento dos resultados obtidos pelas empresas investidas pela Eletrobras impactou de forma positiva o resultado da companhia no terceiro trimestre de 2011 em R$ 552 milhões, decorrente da avaliação dos investimentos societários. O valor é 77% superior ao registrado no trimestre anterior, que fora de R$ 312 milhões. Quando observado o período de janeiro a setembro de 2011, este item também impactou de forma positiva o resultado da Eletrobras, em R$ 1.820 milhões.

Destaques do resultado consolidado do período de janeiro a setembro de 2011:



mais notícias


® Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletrobras Eletronorte - SCN Quadra 06 Conj. A, Blocos B e C, Entrada Norte 1, Asa Norte - CEP 70.716-901 - Brasília/DF
Telefone (61) 3429-5151

Copyright© Eletrobras Eletronorte. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.