Página Inicial da Eletronorte Eletronorte
» Página Inicial » Fale Conosco » Mapa do Site

Pesquise na Eletronorte:

busca avançada



Chamada Pública - Inscrição para Negócios de Geração e Transmissão Transparência Pública Transparência Pública Acesso à Informação da Eletronorte Lei de Conflito de Interesses Prestação de Contas

Usina Hidrelétrica Dardanelos. Conheça os primeiros resultados das ações socioambientais

28 de Janeiro de 2013; Imprensa Eletrobras Eletronorte

 

A Usina Hidrelétrica Dardanelos, localizado no município de Aripuanã/MT, tem como construtora e operadora a Energética Águas da Pedra S/A, formada pelas empresas Neoenergia (51%), Eletrobras Eletronorte (24,5%) e Eletrobras Chesf (24,5%).A Eletrobras Eletronorte participa de Dardanelos não apenas como uma das proprietárias, mas também colocando à disposição do empreendimento seu conhecimento de 39 anos de atuação na Região Norte do País e a capacidade técnica do seu corpo profissional, principalmente de engenharia. 

Clique aqui e assista ao vídeo produzido pelo Portal Brasil

A experiência da Empresa em Dardanelos teve início com os estudos de viabilidade e a realização das primeiras audiências públicas com a comunidade. Esse trabalho prévio foi fundamental para o desenvolvimento das ações previstas no Projeto Básico Ambiental – PBA. Essas ações envolvem o apoio à educação básica e ambiental, à saúde pública e ao controle epidemiológico, às atividades de lazer, cultura e turismo, e ao estudo de fauna e flora. O plantio de espécies nativas e o salvamento arqueológico, por exemplo, são um marco no setor. 

A Usina começou sua operação comercial em 2011. Tem uma potência instalada de 261 MW e suas obras foram iniciadas em 2007, contabilizando R$ 760 milhões de investimentos para a usina e a linha de transmissão, em 230 kV, entre Aripuanã e Juína. Embora seja uma usina de porte médio, os números de sua construção são significativos: 120 mil m³ de concreto, um milhão e 900 mil m³ de escavação em terra e rocha, 300 mil m³ de aterro e enrocamento, cinco condutos forçados de 450 m cada um, por 4,20 m de diâmetro, três mil toneladas de aço e 1.134 virolas, aros que emendam os tubos.

Veja também:

Dardanelos: entre o rio e a floresta, um novo conceito de hidrelétricas na Amazônia
Aripuanã, terra de um novo tempo
Energia sem grandes reservatórios
Obras de Dardanelos estão adiantadas



mais notícias


® Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A - Eletrobras Eletronorte - SCN Quadra 06 Conj. A, Blocos B e C, Entrada Norte 1, Asa Norte - CEP 70.716-901 - Brasília/DF
Telefone (61) 3429-5151

Copyright© Eletrobras Eletronorte. Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução do conteúdo deste site, desde que citada a fonte.